Fale Conosco (47) 9 9659-2879

O Facebook Ads é uma ótima e imprescindível ferramenta de divulgação no Facebook.
Mas porque?

O número de usuários é altíssimo, porém o alcance de publicações orgânicas (não pagas) do Facebook costuma ser limitado a 16% de SUA REDE. Portanto, mesmo se o perfil de sua empresa tiver um número elevado de seguidores, existe uma probabilidade enorme de que somente 16% deles vejam as publicações de sua empresa na timeline deles. Este é um índice desencorajador, porém o potencial do Facebook Ads é enorme, pois permite parametrização de publicações conforme a necessidade e conforme o investimento que sua empresa puder empregar.

Então quanto custa para anunciar no Facebook?
Esta é uma pergunta que os clientes costumam nos fazer e a resposta curta é: O quanto você quiser investir. O Facebook aceita campanhas com um custo mínimo de um real (R$1,00) por dia. Obviamente um valor tão baixo assim não trará retornos significativos, porém a chance de se realizar um investimento de custo reduzido abre um leque de possibilidades, permitindo que você crie campanhas com parâmetros e diretrizes diferentes para cada anúncio que fizer.

Exemplo disso são os navegadores como o Google Chrome, Mozilla Firefox, Opera, Safari, Internet Explorer, que precisaram ser adaptados para os aparelhos móveis. A programação de um navegador para desktop é diferente da programação de sua versão mobile, porém as empresas perceberam a necessidade de disponibilizarem seus navegadores nos smartphones.

O Facebook Ads disponibiliza ações em três níveis diferentes que podem ser trabalhadas conforme o desejo do cliente, são elas:

1. Campanhas

As Campanhas são destinadas a objetivos específicos, como aumentar o número de curtidas em uma página, gerar maior envolvimento em uma publicação, direcionar visitantes para seu site ou blog etc.

2. Conjunto de anúncios

O Conjunto de Anúncios está inserido em cada campanha e permite que seus anúncios sejam planejados para alcançar públicos ou até mesmo regiões diferentes. Deste modo pode ser definido um cronograma de por quanto tempo e para qual região o anúncio deve ser exibido.

3. Anúncios

O anúncio é feito em forma de leilão e utiliza de uma métrica baseada no número de cliques ou visualizações que ele pode ter. Esta métrica é subdividida em CPC (Custo por Clique), CPM (Custo por Mil Visualizações) e ainda há uma terceira opção chamada de oCPM (CPM Otimizado).

Os anúncios podem ter diferentes focos, como branding (gestão de marca), impulsionar publicações, alcançar o máximo de pessoas o possível, aumentar o tráfego de visitantes em seu site, fazer a coleta de dados de possíveis clientes (leads), visualizações de vídeos, download de conteúdo, conversões (condicionar a cobrança do anúncio a uma compra feita em seu site - sendo esta a modalidade de anúncio mais cara possível, com cobrança de até 50% do valor da venda final).

A melhor parte do Facebook Ads é a possibilidade de mensurar todas as campanhas que são realizadas, obtendo informações exatas de cada uma delas. Assim você pode verificar o custo por clique, saber quanto do orçamento está sendo consumido diariamente, qual é o grau de engajamento das pessoas em cada campanha, quantos leads foram levantados, etc.

Toda campanha realizada através do Facebook Ads precisa ser muito bem estudada, estruturada e qualificada, pois mesmo com anúncios pagos, uma campanha não otimizada pode significar resultado insatisfatório e até mesmo prejuízo com um gasto maior que o retorno da campanha.

Qualquer empresa pode ter e cuidar de seu próprio Facebook Ads, porém é altamente recomendável que este trabalho seja entregue para agências de Marketing Digital que já possuem a expertise necessária para fazer melhor uso da ferramenta.

Quer fazer sua empresa DECOLAR?

Analisamos seu mercado, cenário atual e ideal.
Fale com um de nossos consultores para obter um Raio-X de sua empresa.

Solicitar diagnóstico  

O Instagram Impulsionado é imprescindível para alcançar o máximo de pessoas através de suas campanhas!
Mas por quê?

Os impulsionamentos pelo Instagram não fogem muito do padrão do Facebook. O Instagram foi comprado pelo Facebook no ano de 2012, fazendo com que os anúncios sejam realizados dentro da própria ferramenta de Gerenciador de Anúncios do Facebook.

Existem diferenças bem tangíveis entre ambas as redes sociais, começando pelo público que as habita. Ambas as redes sociais estão bem amadurecidas, com o Facebook já tendo 15 anos enquanto o Instagram está há 8 anos na ativa.

Por mais que sejam redes sociais "irmãs" o Facebook e o Instagram possuem públicos diferentes. A maior diferença está na maneira como cada público consome conteúdo. O conteúdo do Instagram é mais dinâmico e atinge um público mais jovem, enquanto o Facebook atinge diversas faixas etárias.

O Facebook é tratado como um canal de comunicação entre família e amigos, sendo uma rede social mais restrita aos círculos sociais dos quais as pessoas fazem parte. O Facebook se tornou uma rede social do dia a dia, fazendo com que as pessoas tenham acesso às novidades sobre seus amigos e ainda se mantenham informadas com o compartilhamento de conteúdo sobre assuntos diversos.

O Instagram For Business disponibiliza ações em três níveis diferentes que podem ser trabalhadas conforme o desejo do cliente, são elas:

1. Campanhas

As Campanhas são destinadas a objetivos específicos, como aumentar o número de curtidas em uma página, gerar maior envolvimento em uma publicação, direcionar visitantes para seu site ou blog etc.

2. Conjunto de anúncios

O Conjunto de Anúncios está inserido em cada campanha e permite que seus anúncios sejam planejados para alcançar públicos ou até mesmo regiões diferentes. Deste modo pode ser definido um cronograma de por quanto tempo e para qual região o anúncio deve ser exibido.

3. Anúncios

O anúncio é feito em forma de leilão e utiliza de uma métrica baseada no número de cliques ou visualizações que ele pode ter. Esta métrica é subdividida em CPC (Custo por Clique), CPM (Custo por Mil Visualizações) e ainda há uma terceira opção chamada de oCPM (CPM Otimizado).

O Instagram é mais rápido e dinâmico, sendo este um dos principais motivos para que as empresas vejam o Instagram com bons olhos para divulgação de produtos e serviços. O Instagram permite uma interação mais rápida com o conteúdo, através de curtidas e da visualização de vídeos curtos. O Instagram dificilmente é utilizado para o compartilhamento de conteúdos e notícias, porém surpresas e novidades são vistas mais facilmente graças aos stories.

Mesmo que os stories também tenham sido disponibilizados no Facebook, trata-se de uma função que é "a cara" do Instagram. O Instagram é uma rede social mais "clean", fazendo com que o seu Feed tenha uma visualização mais prática que a do Facebook e isto é refletido no "número de curtidas" que uma publicação possui. Por mais que tenham sido feitas modificações no Instagram para tentar erradicar esta "dependência de curtidas" que foi criada, o número de curtidas no Instagram é muito superior ao Facebook.

A grande diferença entre as duas redes sociais está no dispositivo em que ela é utilizada. O Instagram tem foco total nos dispositivos móveis, enquanto o Facebook atua tanto em aparelhos móveis quanto em desktops.

Sabendo destas informações, não é difícil entender que a segmentação de públicos deve ser diferente de uma rede social para a outra. A faixa etária é o maior diferencial na hora de criar anúncios baseado em segmentação, porém a linguagem visual também deve ser diferente. O Instagram é mais "leve" e pede imagens mais bem elaboradas, quase como em um álbum de fotos.

Imagem - Contato - Facebook

Entre em contato com a gente e saiba como
podemos ajudar sua empresa a este respeito!

Notícias

Assine a Newsletter