A razão de se ter o melhor conteúdo

A internet possibilitou o compartilhamento do conhecimento e da informação de maneira muito rápida. A quantidade de conteúdo que é publicado diariamente é absurda e esta é a razão de se ter O MELHOR CONTEÚDO.

Você pode estar se perguntando: Se existe tanta gente publicando conteúdo na internet, quais são as chances de que o meu conteúdo seja visto por alguém?

Posso dizer que a resposta está na própria pergunta.

Existe muita gente publicando conteúdo na internet, porém é necessário analisar a qualidade deste conteúdo. Muito do conteúdo que se publica é descartável e parte do conteúdo relevante acaba indo parar no limbo da internet.

E por quê isto ocorre?

Precisamos entender que é o Google quem classifica e ranqueia todas as publicações feitas na internet. Porém não existe uma pessoa designada à leitura de todo este conteúdo. O Google possui “robôs de busca”, que são ferramentas inteligentes que mapeiam tudo o que é publicado na internet

Você pode até ter o melhor texto, porém se você não conseguir fazer com que este conteúdo seja “bem visto” pelo Google, ele provavelmente jamais será realmente visto.

Criar conteúdo relevante para o Google não está somente na qualidade dos seus textos. Você pode escrever maravilhosamente bem ou dominar um determinado assunto, porém se você não souber referenciar e elevar este conteúdo, provavelmente terá apenas perdido o seu tempo.

Estes “robôs” do Google definem se o conteúdo publicado é realmente relevante. A inteligência artificial por trás destes robôs é bastante avançada porém não é perfeita.

Então é necessário saber o que agrada ao Google e isso envolve mais do que apenas saber escrever bem.

O Google utiliza de mais de 200 fatores para ranquear um site na internet e muitos destes fatores estão diretamente relacionados aos textos contidos nele. É feita uma avaliação de todos os textos em ordem de classificá-los como relevantes ou não.

Como é feita a classificação do seu conteúdo?

Alguns quesitos avaliados no texto são:

    • palavras-chaves utilizadas e quantas vezes elas são repetidas de maneira integral ou parcial
    • existência de links internos e externos (para autoridades no assunto) que possam dar maior embasamento, veracidade e relevância ao texto
    • contagem do número de palavras contidas em cada frase e parágrafo
    • utilização de subtítulos
    • utilização de listas pontuadas
    • chamadas para ação (call to action)

Provavelmente a questão mais importante relacionada ao seu texto é a indexação dele. Uma boa indexação é o que fará o Google realmente valorizar o seu conteúdo. Nesta indexação são considerados fatores como URL, metas (meta tags, meta description, meta keywords, meta robots) e imagens.

É com o preenchimento destes “pequenos fatores” que se dá a verdadeira compreensão do conteúdo do seu texto ao Google.

Podemos dizer que a internet permite que as pessoas publiquem conteúdo como bem quiserem, porém este conteúdo só será evidenciado se preencher os requisitos que o Google define como os ideais em um texto.

Como você pôde perceber, ser um criador de conteúdo bem sucedido não é uma tarefa tão simples quanto as pessoas costumam imaginar.

Além de escrever bem e ter conhecimento a respeito do conteúdo que está escrevendo, o criador de conteúdo precisa saber muito bem como empregar as técnicas de SEO em seu texto.

Agora que você sabe como ter o melhor conteúdo, qual é próximo passo?

O próximo passo é colocar a mão na massa.

Você pode se considerar um privilegiado se for capaz de criar conteúdo relevante e bem escrito em uma era onde a internet está superlotada de conteúdo descartável,  

Você não precisa ter um extenso portfólio para criar conteúdo para a internet. Você só precisa ter conhecimento de causa e o seu texto precisa comprovar a sua autoridade no assunto.

Mesmo se você não tiver conteúdo publicado da internet, crie um blog pessoal, use trabalhos acadêmicos. Qualquer conteúdo bem escrito não só pode como deve fazer parte do seu portfólio.

Mostre sua capacidade e conquiste o mercado provando que o seu conteúdo além de muito bom, também é bem classificado pelo Google.